sábado, 22 de agosto de 2009

Tirando a "virgindade" do blog - parte 2


"UHUUUL! Que dureza! Que blogaço!"

E aí? Gostaram da primeira parte da história e de como ela terminou(ou quase)?
é.. retomei meu "fôlego" e minha vontade de continuar a escrever aqui... Eu vou tentar continuar a história, até eu fiquei curioso!
Onde eu parei mesmo... Ah sim! A mulher japonesa...
Bem, ela estava lá olhando pra mim, pelo menos as vezes, e eu olhando de volta...
infelizmente como eu sou um grandíssimo idiota, eu não fiz nada além disso e dei continuidade ao papo com meus caros colegas que lá estavam comigo.
Papo foi, papo veio... A "mãe e filha" japonesas se levantaram e eu presumi que elas iriam embora, e então elas sumiram. Continuei a conversar com meus amigos, sobre vários assuntos e coisas nerds, até que eu percebi que tinha bebido demais e precisava ir ao banheiro, o Yuri decidiu me acompanhar (safadenho =9)... Fomos e fizemos nossas necessidades, poupando pederastias. Uma coisa a se notar no banheiro do Outback são as placas de "eles" e "elas"... não é tão fácil distinguir entre os banheiros, é quase como se tivesse um ponto de interrogação em pé e outro de cabeça pra baixo..
Sheilas e Elokes (elas e eles, respectivamente). É até fácil de distinguir entre eles, mas poderia ser mais simples.
Tirando essa side-story do caminho... As pias pra se lavar ficam do lado de fora do banheiro, são quatro, duas de frente pra outras duas. Quando então eu notei, que logo atrás de mim estava ela... A japa! ela precisava lavar as mãos também, mas havia outras duas pias que não estavam em uso, as do outro lado, e mesmo assim ela não as usou, prefiriu ficar atrás de mim (não atrás do Yuri que estava do meu lado, mas atrás de mim mesmo) esperando eu terminar.
Por mais animado e nervoso que eu tenha ficado na hora, eu apenas deduzi que ela não tinha percebido as outras pias que estavam ali... É, na minha vida esse tipo de explicação é quase sempre a verdade(ou sempre)...
Quando voltamos ao nossos lugares no bar, eu até comentei isso com os meus chapas, mas eles não levaram muito a sério, quando então... A japa "filha" se revelou ser uma garçonete que trabalhava ali! E a japa "mãe" sentou do nosso lado para conversar com a outra... e elas aparentavam conhecer bastante o lugar. Mas espera aí... se a japa "mãe" conhecia o lugar, como que ela não percebeu que as outras duas pias estavam em desuso? Será que ela... Acho que não, talvez ela não tenha prestado atenção... ah! foda-se! Não importa mais =(
Eu continuei fazendo comentários sobre essa moça para os meu queridos amigos, o Carlos pareceu se importar mais... o Yuri me achou estranho... na verdade quando eu penso no assunto, eu é que o acho estranho! porra! A mulher estava sentada do nosso lado! e ainda estava olhando na minha direção! po meu irmão, poo! Eu devia ter tentado alguma coisa, não?
putz! Aposto que você esperava que eu fosse dizer que eu peguei, né? Até eu gostaria de contar isso, mas não aconteceu e eu não estou aqui para contar mentiras ou histórias inventadas (se eu contar eu aviso), então vou ser honesto e dizer que eu nem tentei puxar assunto, mesmo que eu fosse tomar um fora, mesmo que eu estivesse imaginando coisas...
Ela ficou lá bastante tempo, até depois que ela parou de conversar com a "filha", ficou sozinha...
Pois bem! Ela, eventualmente, foi embora... Mas a "filha" ainda ficara por lá, afinal ela era a garçonete, não? e que garçonete gatinha, ela também era japinha, essas japas são todas fofas!
e então eu decidi focar minha atenção para essa ultima, ficava a encarando psicóticamente, de um jeito bem safado =)
Imaginando ela fazendo apenas coisas sexy e em camera lenta! Com direito a música de fundo e tudo! Foram bons momentos, mais uma coisa que eu comentei com o yuri e ele achou estranho, e mais uma vez e o achei mais estranho ainda!
Infelizmente eu tinha bebido MUITO refrigerante, e eu tenho um pequeno problema de bexiga ou sei lá, em que eu urino demais as vezes.
E essa era uma dessas vezes, eu devo ter ido pro banheiro umas 5 ou 6 vezes, em menos de 30 minutos! PUTA QUE PARIU!
Até o pessoal que estava comendo lá estranho, um senhor que estava sentado perto do banheiro até olhou pra mim cara, estranhando o fato de eu ter ido ali várias vezes em pouquíssimo tempo.
Ah! eu até esqueci de comentar, mas nós fomos convencido a pedir um porção de cebola frita com um molho apimentado lá pelo Yuri, e apesar de eu não gostar de cebola, era na verdade muito bom, e o molho era bom também, mas da próxima vez eu peço batata frita!
Também pedimos um "Chocolate Thunder Supreme Baddass Big Boss Extreme Ultimate Service Pack 4 Black Edition", é um tipo de torta com duas bolas de sorvete e calda quente... MUITO bom, mas EXTREMAMENTE caro. Uma porção pra uma pessoa é 18 reais, é claro que só pedimos um e dividimos.
Falando em dividir, estávamos satisfeitos e queríamos sair de lá, fomos pedir a conta. Fizemos uma conta rápida na hora, e concluímos que saíria algo em torno de 12 reais pra cada um... Beleza, não tá tão caro!
Quando a japinha trouxa a conta... veio a surpresa... R$56,85! "O QUÊE!" O___O""""""""
Sairia R$18,95 pra cada! Por uma porçãozinha de cebola frita e um pedacinha do "Chocolate Thunde Num Çei das quantas"!!!
A conclusão que eu cheguei foi que a japinha estava inclusa no preço! Se estivesse mesmo, valeria a pena! PUTA MERDA! MUITO caro! A sorte foi que eu tinha arranjado uma graninha pra poder ir!
Ai ai, esse Yuri é mesmo um riquinho! Muito bacana, ele, mas muito riquinho =)
Pra tirar onda com a nossa cara ele ainda foi embora de taxi... SOZINHO!
Brincadeira! Pelo amor de YHVH (Deus), ele teve que ir embora de taxi porque ele não sabia que onibus pegar, e o Carlos e eu não pudemos pegar o taxi com ele porque era contra-mão para nós.
Aí fomos para casa, tudo numa boa
o Carlos seguiu o rumo dele, eu peguei o meu onibus favorito, o 600... E lá tive uma surpresa agradável.. um primo meu, Jair Gabriel, estava no onibus também! Mas tinha uma coisa errada...
Ele... tinha pego o onibus errado e estava sem dinheiro de passagem! Por sorte ele me encontrara! E por mais sorte ainda, eu tinha 1 real pra emprestar a ele (eu só tinha 2 reais na hora). Ele foi embora satisfeito e feliz por poder soltar e pegar o onibus certo =)
"De nada, cara"
Caralho! To cansado de escrever de novo, mas pelo menos eu terminei a história!
Espero que vocês tenham gostado, mas se não gostaram foda-se! Já disse que eu to escrevendo essa droga pra me desestressar, não só para agradar outras pessoas!
Se você gostou, eu te vejo no próximo post! Tenho mais coisa pra falar, e talvez até alguma história legal!
Abraços, beijos e se liguem em mim!

Moral: Outback é um ótimo lugar... se você tiver bastante dinheiro no bolso!

6 comentários:

Tony disse...

Puta merda! ficou maior do que outro? CARALHO! eu "falo" muito! ._."
desculpa aí, gente =(

Cássia disse...

kkkk

ainda bem q vc sabe disso!


Namoral meu irmão,historinha legal hein ~

pena q vc não pegou nenhuma japa =/

Tony disse...

ahsuahsuhaus! não, po! eu lá tenho cara de pegador?

Juliana disse...

DÃÃÃÃÃãã~~aã~~aãÃÃ
cara, SÓ VOCÊ não sabia que outback é caríssima, né? todo mundo sabe disso, meu anjo
adivinha por que eu nunca fui lá? HUAHUAHUAHAU to esperando algum homem bacaca (hahahaha coitados) me convidar pra ir lá e me bancar :D adoro.
muito bom seu final da história, mas eu também pensei que você ia arranjar alguma coisa com a tal japa. porém.. não está tudo perdido!
se você gostou tanto dela assim e percebeu que ela também estava de olho em você (ui) e considerando que ela trabalha na outback.. TCHARAM
é só você voltar lá outra vez! dessa vez com + dinheiro, é claro.
aí você toma coragem e fala com ela \o/

Tony disse...

HAUSHAUSHAUSHAUSHAUS! tem razão, juliana, eu devia fazer isso mesmo, né? eu vou tentar
vou aparecer lá nesse mesmo horário, pra ver se eu a encontro, quem sabe eu consigo alguma coisa?

XxXTomXxX disse...

Cara essa sua história foi muito parecida com uma minha, cara eu sei que vim da estação da praça da bandeira dando umas olhadas pra uma loira dentro do trem, mas o problema q eu não sabia que ela estava olhando pra mim, pq ela estava usando óculos escuros, mas do nada, ela tirou o óculos e deu maior encaradão pra mim, mas pena q eu tive que descer =/
Ela era muito gata cara...que dureza oxii...
huahahahahaha
Mas é a vida, nem sempre as coisas acontecem na hora certa!Se ela tirasse o óculos na estacão do Meier ai quem sabe né!
huahahahaha

Postar um comentário